Parte II: Auxiliando o Aprendizado STEAM | Mini Cientista Brinquedos

Parte II: Auxiliando o Aprendizado STEAM

31/05/2019

Auxiliando o Aprendizado STEAM

Uma grande parte do aprendizado de STEAM acontece durante atividades como brincadeiras livres, onde é  dada a criança a oportunidade de explorar livremente materiais e fazer descobertas.

Os pais/professores podem promover o STEAM durante brincadeiras e interações sociais através do uso de suportes.

Oferecer o suporte adequado e estruturando o ambiente para levar o conhecimento  da criança para o próximo nível.

Para montar uma experiência, os adultos podem fornecer assistência por meio de dicas, sugestões, questionamentos, modelagem, discussão e contagem. Observando o que as crianças estão fazendo e depois fazendo perguntas e trabalhando com eles enquanto desenvolve sua própria compreensão do mundo, os adultos podem ajudá-los a através de formas cada vez mais complexas de pensar.

Para crianças com necessidades especiais, os suportes podem simplificar a atividade dividindo-a em etapas ou reduzindo o número de etapas na tarefa.

Um pouco de orientação pode ajudar as crianças a reforçarem o conhecimento, corrigir os equívocos e desafiar o pensamento.

Isso os ajuda a descobrir mais do que eles conseguem aprender sozinhos.

Por exemplo, as crianças podem gostar de ver uma roda de areia girando enquanto eles derramam areia através dela. No entanto, eles podem não percebe a conexão entre a quantidade de areia que eles derramam e a velocidade da roda gira. Uma pergunta como "Como você pode fazer a roda ir mais rápido?" pode ajudar as crianças a perceberem essa relação e aprofundar a aprendizagem.

Falando a língua

Uma das melhores maneiras que os adultos podem apoiar a aprendizagem STEAM é com a linguagem.

As palavras que utilizamos  quando se envolve com crianças pode incentivar pensamento criativo, reflexão, simulação de brincadeiras e resolução de problemas.

Ao observar, ouvir e responder aos interesses das crianças, os adultos apóiam sua curiosidade.

Quando dada a chance de comunicar seus pensamentos e idéias, as crianças desenvolvem seu próprio pensamento.

Fazer perguntas abertas é uma maneira importante de orientar a exploração de uma criança.

Isso pode ser útil para crianças de todas as idades - até mesmo bebês podem dar respostas. Usar adereços e / ou participando do processo enquanto usa um novo vocabulário pode ser de grande ajuda as crianças pequenas

As observações descritivas são uma grande oportunidade para todas crianças para construir seu vocabulário. Por exemplo, "Esta rocha é muito dura". "É uma sensação diferente".

A linguagem do STEAM gira em torno da resolução de problemas e do método: observar, fazer perguntas, fazer previsões, experimentar e discutir. É importante que nas escolas, o corpo docente modele esse processo para que as crianças familiarizem-se com as etapas envolvidas na solução de problemas.

 Isso inclui pensar em voz alta e usar a linguagem STEAM, como “observar, explorar, prever, experimentar, etc. ”

Solução de problemas

Fazer perguntas ajuda as crianças a refletir sobre o que estão tentando fazer, seja trabalho ou não, e como planejar seu próximo passo. Ouvir uma criança nos ajuda a aprender onde a criança está pensando e ajuda a estender seu aprendizado.

Essas perguntas podem ser usadas com crianças de todas as idades.

Aqui estão algumas perguntas úteis para incentivar a resolução de problemas:

• Em que você está trabalhando?

• O que você percebeu?

• O que você tentou?

• O que aconteceu?

• O que você fará em seguida?

• O que mais você poderia tentar?

• O que você acha que acontecerá?

• O que foi diferente na segunda vez?

 

Conceitos de matemática

A linguagem cotidiana pode fazer uma grande diferença no entendimento de uma criança sobre os conceitos matemáticos iniciais.

 Aqui estão algumas frases e perguntas que ajudam as crianças a pensar sobre conceitos matemáticos em qualquer uma de suas atividades.

 Quando um adulto pergunta: “Qual deles é maior / menor / mais pesado?” Uma criança pode medir, estimar e descrever.

“Você tem uma grande bola e eu tenho uma pequena bola. Sua bola é maior que a minha! ”

Uma criança pode analisar.

 Outras perguntas a fazer:

 • Quantos há? (para comparar ou resolver um problema)

• Qual deles é menor?

• Qual é o menor?

• Com que freqüência?

As crianças usam conceitos matemáticos com freqüência enquanto brincam. E acontece que quanto mais as crianças da "matemática" ouvem diariamente, maior o crescimento do conhecimento de matemática.

Os adultos podem aumentar a conversa de matemática, mesmo em atividades que não são específicas de matemática.

Durante o tempo de limpeza, modele e incentive as crianças a separarem os brinquedos nos recipientes corretos

. Isso suporta habilidades de classificação.

Durante o lanche ou o almoço, apóie o pensamento da geometria falando sobre as formas dos alimentos, como: “Se eu cortar o sanduíche desse jeito, ele fará dois triângulos.” ​​

• Outros conceitos simples incluem velocidade: “Quão rápido será?”

• Distância: “Até que ponto é isso?”

• Medição: “Quem empilhou mais blocos?”

 

Criatividade

As crianças vêm ao mundo com a mente aberta e podem estar mais propensas a pensar fora da Caixa. O desenho de uma criança pode ser um pássaro, um super-herói ou algo totalmente diferente.

Responda ao trabalho das crianças de um modo que não seja crítico (por exemplo, "Bom trabalho!"),mas objetivo e incentive as crianças a descrever o que fizeram:

• Diga-me em que você está trabalhando.

• Você fez alguns sons interessantes com seus brinquedo.

• Conte-me sobre o seu desenho.

• Eu percebi que você usou quatro cores diferentes e preencheu a página inteira.

Isso nos ajuda a aprender o que uma criança está pensando sem fazer nenhum julgamento ou suposição sobre o trabalho dela. Respondendo perguntas abertas também dá uma prática importante criança comunicar idéias através da reflexão, usando narrativas e descrições.

Pergunte às crianças o processo científico ou as questões de matemática para ajudá-las a pensar de forma criativa:

• O que acontece se você combinar as duas cores?

• Como você fez essa forma com sua argila?

• Como você fez isso ficar de pé?

 

Instruções Individualizadas

Uma cultura de investigação inclui todos os alunos quando em sala de aula. A fim de dar o suporte correto, primeiro observe as crianças individualmente. Em seguida, avalie sua compreensão de conceitos e capacidade de usar materiais.

Em seguida, mude sua instrução ou ambiente para atender às necessidades individuais.

Além disso, é importante adaptar os materiais quando necessário, para garantir que todas as crianças possam participar da maneira mais independente possível. Algumas possíveis modificações incluem: reduzir o número de etapas em uma tarefa, colocar os materiais em posições que os tornam mais fáceis de acessar e usar, proporcionando adaptações para ferramentas mais fáceis de compreender e tornar os materiais maiores ou mais claros.


Parte III: Atividades

 

Traduzido do manual do U.S Department of Health & Human Services  Understanding STEAM and how children use it





1 Newsletter Receba novidades e promoções exclusivas!